top of page

COMO USAR SLIDES?


Por acaso você tem dúvidas de como usar slides? Saber o que colocar no slide, se mais textos ou imagens, letras pequenas ou grandes, poucas ou muitas cores? Enfim, quer aprender como fazer melhor seus slides? Fique até o fim deste artigo e eu vou dar algumas dicas que lhe ajudarão em suas apresentações em público.


Quando vou assistir a algumas apresentações, noto que os slides não estão bem adequados à apresentação. Um exemplo disso é que, às vezes, há textos longos, o que faz com que as pessoas passem a ler o que está escrito e retirem a atenção momentânea do apresentador, enquanto ele está comentando o conteúdo do slide.


Por outro lado, em outras oportunidades, acontece justamente o contrário. Embora o slide tenha poucas frases, o tamanho da fonte utilizada é muito pequeno a ponto de dificultar a leitura do texto pelas pessoas, principalmente daqueles que se encontram em pontos mais distantes do local da apresentação.


Há ainda aqueles slides que são verdadeiros carnavais de cores e que, ao invés de contribuir para a qualidade da apresentação, trazem muita poluição visual. Hoje, vou dar para você cinco dicas de como usar slides.


PRIMEIRA DICA: COMPONHA FRASES CURTAS QUE RESUMAM A IDEIA QUE VOCÊ DESEJA TRANSMITIR – Pense bem, qualquer texto que você coloque no seu slide as pessoas serão tentadas a lê-lo. Nesses momentos, elas não prestarão atenção ao que você estiver falando, porque estarão lendo o seu slide. Por essa razão, é preferível o uso de textos com pequenas frases, que resumam as ideias do que textos longos, porque assim, com frases curtas, por mais que as pessoas leiam, elas retornarão à atenção a você.


Por sua vez, você deve estar bem preparado para comentar cada slide, sabendo de cor o conteúdo da apresentação, de maneira que, apenas ao olhar para a frase no slide, consiga discorrer sobre a ideia que ela contenha, comentando-a com suas próprias palavras, apresentando sugestões, criticas, dando exemplos, etc. Preferencialmente, no máximo, use seis ou sete palavras para compor cada frase, traduzindo a ideia que você deseja repassar para a audiência. Quanto menos palavras para resumir a ideia, melhor será.


SEGUNDA DICA: USE LETRAS LEGÍVEIS – As letras que você utilizar na sua apresentação devem ser legíveis por todas as pessoas presentes no local. Caso contrário, seus ouvintes poderão ter dificuldades em captar a ideia central do slide ou mesmo compreendê-la de maneira parcial ou equivocada.


Portanto, ao elaborar seus slides tenha o cuidado de atentar para o tamanho da fonte, ou seja, o tamanho da letra. Essa também é outra razão para você não usar textos longos nos slides, uma vez que quanto maior for o texto, exigirá que a letra seja maior, aumentando, de forma desnecessária, o número de slides da apresentação. Em resumo, o tamanho das letras deve ser legível e facilitar a compreensão do assunto pela plateia.


TERCEIRA DICA: USE CORES, MAS NÃO ABUSE DELAS – Nesse caso, atente para o contraste das cores. Com pouco de atenção e um toque de bom gosto, qualquer pessoa pode verificar os contrastes que funcionam e outros que não funcionam bem. Outro detalhe também importante: não abuse das cores. No máximo, use de três a quatro cores por slide. Afinal de contas, sua apresentação não será um desfile de cores. Salvo se você for falar sobre cores. Aí tudo bem.


QUARTA DICA: USE APENAS UMA IDEIA POR VISUAL – Isso facilitará bastante para você. Às vezes você nem precisará de texto, mas apenas da imagem que representará a ideia central da sua mensagem. Olhando atentamente para ela, já será suficiente para se lembrar dos pontos que deverão ser abordados diante do público.


QUINTA DICA: VOCÊ E A SUA MENSAGEM DEVEM SER OS PONTOS CENTRAIS DA APRESENTAÇÃO. Essa é uma dica muito fundamental. É importante lembrar que o personagem central da sua apresentação é você e sua mensagem, e não os seus slides. Embora os slides ajudem enriquecendo a parte visual da apresentação, eles estão ali apenas para subsidiá-la. Não estou dizendo que você não deva dar qualidade aos slides, mas sim que você e sua mensagem são os componentes essenciais.


Assim, atente para o que você fala, como fala e, também, para a sua linguagem corporal durante toda a apresentação. Eu não ia falar sobre isso, mais vou dar mais uma dica. Além de tudo que foi abordado até aqui, é recomendável você elaborar um passo a passo dos principais pontos de sua apresentação, ou seja, um "plano B", que poderá ser um roteiro escrito da sua apresentação, uma vez que projetor multimídia, o conhecido data-show, ou outro equipamento que você for utilizar, poderá não funcionar na hora da apresentação.


Não duvide, pois os equipamentos, por mais avançados que sejam, podem falhar e comprometer a sua apresentação, caso você não tome os cuidados necessários. Nesse sentido, tenho uma pequena história para você.


Eu estava dando aulas personalizadas para uma aluna que iria apresentar o TCC, e uma das minhas recomendações foi que ela preparasse, além dos slides da apresentação, um roteiro escrito do que iria falar, com as ideias principais a serem apresentadas, caso os slides não pudessem ser projetados na ocasião.


Eu não sou nenhum vidente e nem tenho a língua maldita, mas advinha o que aconteceu? No dia marcado da apresentação, um caminhão bateu em um poste da rede elétrica e a faculdade ficou sem energia. Resultado: como ela havia preparado o "plano B", o fato não prejudicou nem um pouco a sua apresentação, realizada com segurança e sucesso.


Assim, mantenha sempre um roteiro escrito do que irá apresentar, garantindo, dessa forma, o sucesso da sua apresentação!


Grande abraço e fique sempre com Deus!

Kommentare


bottom of page