top of page

POR QUE TER MEDO É IMPORTANTE NA COMUNICAÇÃO EM PÚBLICO?


No artigo de hoje, você irá saber por que razão o medo tem um papel fundamental na qualidade das apresentações em público. Antes de falar da importância do medo, vou destacar como funciona o seu mecanismo.


O medo é uma das emoções básicas do ser humano e está ligado essencialmente à nossa sobrevivência. Por isso, quando você sente medo é porque está diante de uma ameaça, real ou imaginária, a qual você deduziu que poderá causar algum tipo de dano e até mesmo a sua morte. Logo, o medo é importantíssimo, visto que faz parte do mecanismo de defesa do nosso corpo.


Quando você fica cara a cara com um tiranossauro Rex, como foi o meu caso no vídeo acima, certamente você sentirá medo. Nesses momentos, numa rapidez incrível, o organismo lançará a adrenalina na corrente sanguínea, uma "energia" extra, para que seu corpo se prepare para lutar ou fugir. No caso do tiranossauro Rex, foi melhor eu ter fugido! Alguma dúvida?


No entanto, qual a razão de você sentir medo quando vai falar em público? Muitas razões podem ser citadas, como, por exemplo, o medo de esquecer o que irá falar, medo de ser avaliado pelas pessoas, de não saber dar respostas a eventuais perguntas formuladas no decorrer da apresentação ou após o seu encerramento, entre outras dezenas de motivos.


Detectamos, inconscientemente, a ameaça no ambiente e, automaticamente, o mecanismo de defesa entra em ação para nos proteger. Não importa se a ameaça é real ou imaginária. Diante disso, o cérebro dá o comando para as glândulas suprarrenais lançarem a adrenalina, e os efeitos começam a acontecer no seu corpo.


Contudo, diante de pessoas não há motivo para você lutar ou fugir. Como você não poderá executar nenhuma dessas ações, o excesso de adrenalina provocará sintomas muito conhecidos das pessoas: a boca seca, as pernas tremem, o coração acelera, gaguejamos e outros sintomas mais bem conhecidos de quem fala em público. Esse excesso de adrenalina é que deverá ser combatido, dado que é desnecessário para a boa comunicação!


Assim, o medo é necessário para você poder aprimorar, cada vez mais, as suas apresentações em público, apresentando um conteúdo mais aprofundado, fazendo com que o tempo das pessoas que lhe assistirão seja, de fato, proveitoso e edificante para a vida delas.


Outro ponto a ser destacado é que, para obter um desempenho bem melhor diante do público, você deverá fazer mais ensaios antes do grande dia marcado para a apresentação. Esses ensaios lhe garantirão maior confiança, desenvoltura e naturalidade diante do público. Imagine se você não tivesse medo algum de falar em público, haveria um sério risco de não se preparar prévia e adequadamente para o evento, falando de maneira irresponsável para as pessoas que reservaram seu tempo precioso para assistir a sua apresentação.


Sempre falo em meus cursos presenciais que, se você já se acha em um nível elevado em sua comunicação em público e que por essa razão é desnecessário ensaiar, digo que isso é o começo do seu fim como orador. Confúcio, filósofo chinês, disse: "Não são as ervas que matam a semente boa, mas a negligência do camponês". Portanto, prepare-se adequadamente, pois a falta de compromisso com o público e com você mesmo só trará um único resultado: dano à sua imagem de orador.


Dessa forma, sob esses aspectos, o medo é essencial para o aprimoramento das suas apresentações em público. E um detalhe importante: você não perderá o medo por completo, mas apenas aprenderá a dominá-lo de maneira mais eficiente, aproveitando a sua energia de forma positiva canalizando-a para falar com mais emoção e entusiasmo!


Grande abraço e fique sempre com Deus!

Comments


bottom of page