top of page

POSSO FALAR EM PÚBLICO COM UM OBJETO NAS MÃOS?


Hoje, falarei sobre uma dúvida de algumas pessoas têm e que, talvez, seja a sua dúvida também. O fato é: pode-se falar ou não com um objeto nas mãos em apresentações em público?


Algumas pessoas, para se sentirem mais seguras e mais confiantes, falam segurando algum objeto nas mãos. Esse objeto pode ser uma caneta ou outro material que proporcione segurança para a pessoa que se apresenta diante de outras.


Mas, eu posso ou não falar com um objeto nas mãos? A resposta é: depende do contexto. Entretanto, antes de falar sobre essa possibilidade é importante ressaltar que, se algo lhe traz segurança, não serei eu que direi para você largar tal objeto. O ideal é que você não dependa de elementos externos para falar em público. Costumo dizer que você deverá se apoiar em si mesmo, ou seja, a segurança deve estar em você e não em um objeto!


Imagine só a seguinte situação. Vamos supor que você tenha o hábito de falar com uma caneta nas mãos. Subitamente, você foi convidado para falar daqui a cinco minutos e percebeu que o seu "objeto da sorte" ficou a cinco quilômetros de distância do local da apresentação. Você olhou para o relógio e concluiu que não dará tempo de pegá-lo. E aí, como você se sairá bem nessas circunstâncias?


Se você mantém um apego muito forte ao objeto, a sua ausência poderá deixar você um tanto desconfortável, talvez até nervoso diante do público, situação que poderá comprometer o resultado da apresentação. Por essa razão, gosto de destacar que: toda a segurança deve residir unicamente em você e não em um objeto qualquer.


Portanto, caso você tenha o hábito de utilizar um objeto enquanto fala diante de pessoas, a recomendação é que você se acostume com a ausência dele, desafiando-se a falar, gradativamente, sem usar o seu “amuleto da sorte”, evitando situações reais como a que eu exemplifiquei há pouco. Porém, a decisão é sempre sua!


Agora, vou falar a respeito do contexto. Você poderá saber se falar com algum objeto nas mãos é adequado ou não observando o contexto da sua apresentação. Por exemplo, é completamente aceitável falar com o microfone ou um passador de slides nas mãos, porque ambos fazem parte do contexto da maior parte das apresentações em público.


Contudo, falar com uma caneta, por exemplo, que não tenha função nenhuma na apresentação, não seria tão adequado assim. Por outro lado, caso fosse preciso fazer anotações, a caneta poderia ser usada de maneira coerente, visto que seria necessária no contexto da apresentação.


Em resumo, prefira depender, exclusivamente, de você mesmo e mais nada ou ninguém! Quando você se preparar adequadamente para a apresentação, isso é suficiente para você se sair muito bem diante das pessoas! Use apenas em suas mãos aquilo que fizer parte do contexto da sua apresentação e o seu amuleto da sorte será você mesmo!!!


Grande abraço e fique sempre com Deus!

コメント


bottom of page